Pedalando pelo Vale Histórico e Sertão da Bocaina

IMG_0109Cresci conhecendo a região como a das “Cidades Mortas”. Este título, não muito elogioso, foi dado por Monteiro Lobato, que descreveu a decadência desta outrora rica região. São cidades que viveram intensamente o ciclo do café, que viram nascer fortunas em forma de grandes fazendas e intenso comércio. Mas, com o declínio da cultura (em grande parte pela absoluta exaustão do solo), as cidades de Silveiras, Areiras, São José do Barreiro, Arapeí e Bananal viram sua importância diminuir. A sentença final foi dada pela construção da Via Dutra, que às ignorou em seu trajeto. Assim, elas ficaram ao lado, acessíveis apenas pela antiga estrada Rio-São Paulo. Pra quem assistiu o filme de animação “Carros”, é uma história semelhante à de “Radiator Springs”.

E foi nesta região que eu fiz a minha primeira viagem de bicicleta, em 1989. Com 15 anos e montado em uma Cruiser Montana, fiz o trajeto entre Lorena e o Bairro dos Macacos, em Silveiras, acompanhado de meu irmão. Da viagem, lembranças da enorme dificuldade da subida da Serra da Bocaina com apenas cinco marchas, de um delicioso frango preparado na fazenda que acampamos e da dor nos dedos de tanto acionar aqueles Dia-Compe na descida. Há dois anos achei uma bike igual largada em uma bicicletaria. Restaurei e hoje está em minha sala. Foto mesmo, nenhuma.

E foi neste espírito, de refazer esta primeira viagem, que parti com meu amigo Waldson para um projeto um pouco maior: fazer todas as cidades da região, hoje nomeada de Vale Histórico, e depois entrar mais na serra, no Sertão da Bocaina. A partida foi na manhã da quinta-feira de Páscoa, logo no local em que a Rio-São Paulo recebe o nome de Estrada (e não rodovia) dos Tropeiros, próximo à Cachoeira Paulista.

P1070270

DSC04173

DSC04179

Homenagem ao tropeiro, no portal de Silveiras. Aliás, estes simpáticos portais se tornaram “obrigatórios” na região. Toda a cidade tem.

P1070279

DSC04180

Começando a descer o braço da serra que tem entre Silveiras e Areias

P1070289

P1070287

DSC04188

O portal de Areias

DSC04192

Estamos na região certa.

P1070297

Eu vendia isso quando era criança!

P1070295

Árvore com sete casas de João-de-Barro

DSC04200

Café após uma cochilada na hora do sol mais forte. Com visita de filhotes de cachorro.

P1070304

DSC04201

DSC04206

P1070329

P1070315

Telesp, Telefônica ou Vivo?

P1070314

P1070330

Quase no final do longo primeiro dia.

P1070332

P1070334

Já no segundo dia, a serra amanheceu muito bonita.

P1070337

IMG_0390

DSC04225

P1070361

P1070365

Este é o começo da subida da serra. Merece um vídeo dedicado à ela

DSC04256

IMG_0391

DSC04263

DSC04262

DSC04265

Parada para um almoço no meio da subida. Foi o que nos permitiu chegar!

DSC04268

Ah, o sol do outro lado…

IMG_0398

Segundo relatos, é a primeira vez que cicloturistas passam pela região!

DSC04277

Camping Chez Bruna. Perfeito!

P1070374

P1070380

Visitando uma hidrelétrica abandonada

P1070383

DSC04292

P1070386

P1070391

DSC04305

DSC04312

P1070397

Hora de tentar chegar à cachoeira que permite a vista de Angra dos Reis.

P1070404

P1070408

P1070410

P1070412

P1070413

P1070419

P1070414

P1070416

Mas com um ambiente cada vez mais estranho, o negócio foi fazer meia volta.

P1070418

P1070421

P1070422

P1070425

P1070426

Barracas desarmadas, hora de subir um pouco, até o alto da serra.

P1070434

DSC04333

P1070428

DSC04338

P1070441

E o grand finale em frente à estação de trem de Bananal, feita toda aço.

DSC04352

Pra quem quiser refazer a viagem, seguem os links para os registros de GPS dos quatro dias. Qualquer outra dúvida, é só comentar abaixo.

Dia 1
Dia 2
Dia 3
Dia 4

8 opiniões sobre “Pedalando pelo Vale Histórico e Sertão da Bocaina

  • maio 5, 2013 em 21:26
    Permalink

    Linda viagem Fábio, autêntico cicloturismo.

    Resposta
    • maio 5, 2013 em 21:27
      Permalink

      Isso faz um bem, meu caro… Abs

      Resposta
  • maio 5, 2013 em 21:41
    Permalink

    Parabéns parceiro. Só de saber que fiz parte dessas paisagens já me sinto feliz. Logo faremos outras, se Deus quiser! Grande abraço!

    Resposta
    • maio 5, 2013 em 21:46
      Permalink

      Vamos, sim, amigo! Abraço!

      Resposta
  • maio 5, 2013 em 21:55
    Permalink

    Passei pela região da Bocaina uma vez quando estava voltando do Parque de Itatiaia; passando por Penedo e depois por Visconde de Mauá, até chegar à cidade de Bocaina de Minas. Cara, a região da Bocaina é muito linda! Aliás, a Serra da Mantiqueira, na minha opinião, é um dos cartões postais mais belos do nosso Brasil. Quem sabe algum dia a gente não consegue compor uma turma para um cicloturismo na região?

    Resposta
    • maio 6, 2013 em 10:25
      Permalink

      A região é muito bonita mesmo, Wagner! Mas acho que estás confundindo um pouco. A Serra da Bocaina fica do lado oposto do Vale do Paraíba, pertencendo à Serra do Mar. Mas vamos combinar, sim. Vale a visita!

      Resposta
  • Pingback:Parques dos EUA terão estrutura para cicloturistas | Pedal Nativo

  • Pingback:O ano de 2020 no cicloturismo - Pedal Nativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *