Passeio pela Varginha e Vargem do Braço

Passeio pela Varginha e Vargem do Braço

Salve, salve!


Vamos revisitar a Vargem do Braço, no Parque da Serra do Tabuleiro, no próximo domingo (17)? É um destino que já percorremos algumas vezes e sempre vale a visita. Mas, para alongar um pouco o passeio, vamos começar e terminar o pedal em São Pedro de Alcântara passando pela comunidade da Varginha.

Serão 75 quilômetros com 1.300 metros de subida acumulada. Ou seja, não é indicado para quem está começando a pedalar.

Vamos nos encontrar no Trapiche da Beiramar para seguir de carro até São Pedro de Alcântara, de onde começaremos a pedalar.

Vencidas as subidas, iremos almoçar em São Pedro de Alcântara.

Passeio pela Varginha e Vargem do Braço
Domingo, 17/07/2016
Concentração às 7:50, no Trapiche da BeiraMar, para deslocamento, às 8h, de carro, até São Pedro de Alcântara.
Previsão de volta: 15h
**** IMPORTANTE – LEIA ATÉ O FINAL ****
O que teremos:
– Natureza
– Muitas subidas
– Ritmo de passeio (cicloturismo)
– Camaradagem

O que não teremos:
– Carro de apoio
– Babás de apoio

ATENÇÃO:

– Passeio de nível médio, não recomendado para quem está começando a pedalar.

– Em caso de chuva na hora da saída não haverá pedal.

– Passeio por local sem pontos de apoio. LEVE LANCHE.

Track do percurso com altimetria: http://www.gpsies.com/map.do?fileId=fwsnelcwiceqsyhf

RECOMENDAÇÕES EXTRAS:

– LEVEM FARÓIS: como a previsão de retorno é para as 15h, e imprevistos podem acontecer, aconselhamos levarem seus faróis e sinaleiras. Lembrem de carregar as baterias!

– KIT REMENDO: caso os imprevistos aconteçam nos pneus

– HORÁRIO DE SAÍDA: Como a ideia é fazer um pedal em ritmo tranquilo, sairemos impreterivelmente as 8h do trapiche da Beiramar.

RELATO: Escalada para a Betânia

RELATO: Escalada para a Betânia
Salve, salve!
SAM_9638
Retomamos no último sábado os passeios pela região da Grande Florianópolis. O trajeto foi sugerido pelo Antônio Heil (Pedal na Melhor Idade). E é dele o relato que reproduzo abaixo. As fotos são dele, do Felipe Munhoz (Preciso Pedalar) e minhas.
Valeu a parceria e teremos mais passeios por lá!
Fábio

*****

Neste sábado, resgatei do meu baú de projetos a serem executados, um pedal para ser iniciado no município de Antônio Carlos, que é um dos maiores produtores de hortaliças e legumes de Santa Catarina.

O Fábio (do Pedal Nativo), com quem fiz 2 dias do Circuito das Araucárias, junto com seus amigos convidados, seriam meus parceiros desta empreitada.
Saí cedo de Joinville rumando pela BR-101, com neblina intensa em alguns pontos. O nosso ponto de encontro seria um posto de combustível na entrada da cidade, aonde arrumamos as bikes e um pouco antes das 8h. estávamos iniciando o percurso.
Bela casa no trajeto para a localidade de Santa Maria.

 

 

Pela altura da igreja católica na localidade citada, dá para ter uma noção do que enfrentaríamos. Morros e mais morros.

 

A partir deste ponto teríamos a companhia de um novo componente no grupo, que nos seguiu por um trecho da subida. Muito exibido, dava uma parada de vez em quando e, após o pelotão estar a uns 100m. de vantagem, passava a todos na maior tranquilidade. (Continua após a galeria de fotos)

 

Próximo a uma residência, foi o momento da grupo fazer a boa ação do dia. Após escutar uns miados num pequena capoeira, foram resgatados 2 filhotes de cachorro recém-nascidos. A cadela tinha saído do cercado da casa e dado cria numa pequena moita de capim gordura. Um já tinha caído de um pequeno barranco no lado da estrada e outro estava preso no mato, aonde foi resgatado. Foram entregues a dona da casa e enrolados num pano. Ainda estavam com o cordão umbilical.

 

 

Pequena parada na localidade do Egito para o lanche matinal.

 

Após uns 11km. de subidas, chegamos na divisa entre os municípios de Antônio Carlos e Angelina.

 

Um belo descidão, aonde chegamos na localidade de Betânia por onde trafegamos por parte da estrada.

Igreja evangélica e bonita casa na localidade.

 

Na confluência da SC-407, estrada que vem de Angelina, seguimos à esquerda para São Pedro de Alcântara.

 

Parada na divisa para fotos, depois de ter enfrentado boas subidas num trajeto de uns 6 km.

 

Casarão da família Kretzer e painel de Rodrigo de Haro na localidade de Santa Filomena. Passei neste trajeto em 2011, quando fiz uma viagem de 3 dias, de Joinville a Fpolis, passando por Angelina.

 

 

 

Em São Pedro de Alcântara, fizemos o nosso almoço num restaurante com buffet a quilo (não anotei o nome), que fica no lado de cima da praça central. Bom, com direito a vergamota bem saborosa como sobremesa.
O grupo (da esquerda para direita): Walter, Raul, Fábio, eu, Fagner, Paulo e Otacílio. O Felipe já tinha retornado.

 

 

Devidamente abastecidos, enfrentamos mais uns 15km., com um bonito trecho numa travessia para Antônio Carlos, com muito verde (sem fotos devido estar sem bateria). Descidão de uns 2,5 km.
Agradeço a companhia de todos. Turma muito legal para pedalar.
Km. do dia: 63,57.
Altimetria máxima: 694m.
Altimetria mínima: 20m.
Track: aqui

Convite para passeio por Angelina

Salve, salve!

Há tempos que não fazemos um pedal por aqui, né? Pois vamos começar a descontar isso no próximo sábado, dia 25. O destino será a comunidade de Betânia, em Angelina. Trata-se de um passeio inédito no Pedal Nativo, que faremos a convite do grande Antônio Heil, de Joinville.

betania

Serão 57 quilômetros com mais de 1.300 metros de subida acumulada. Ou seja, não é indicado para quem está começando a pedalar.

Vamos nos encontrar às 6:45h no Trapiche da Beiramar, para seguir de carro até Antônio Carlos. De lá, começaremos a pedalar.

Vencidas as subidas, iremos tomar uma belo café colonial no Girassol, em São Pedro de Alcântara.

**** IMPORTANTE – LEIA ATÉ O FINAL ****
O que teremos:
– Natureza
– Muitas subidas
– Ritmo de passeio (cicloturismo)
– Camaradagem

O que não teremos:
– Carro de apoio
– Babás de apoio

ATENÇÃO:

– Passeio de nível médio, não recomendado para quem está começando a pedalar.

– Em caso de chuva na hora da saída não haverá pedal. Fique atento ao evento no Facebook.

– Passeio por local sem pontos de apoio. LEVE LANCHE.

Track do percurso com altimetria: http://www.gpsies.com/map.do?fileId=txwubyoxiokcqqky

RECOMENDAÇÕES EXTRAS:

– DICAS PARA PEDALAR NO FRIO

– LEVEM FARÓIS: como a previsão de retorno é para as 16h, e imprevistos podem acontecer, aconselhamos levarem seus faróis e sinaleiras. Lembrem de carregar as baterias!

– KIT REMENDO: caso os imprevistos aconteçam nos pneus

– HORÁRIO DE SAÍDA: Como a ideia é fazer um pedal em ritmo tranquilo, sairemos impreterivelmente as 7h do trapiche da Beiramar.

 

Convite para passeio por Águas Mornas

Convite para passeio por Águas Mornas

9340274892_3185c648df_k

Salve, salve!

Vamos pedalar?

Vamos repetir no próximo dia 27 o giro por uma das regiões mais bacanas da Grande Florianópolis. Passaremos por Santo Amaro da Imperatriz, São Pedro de Alcântara e Águas Mornas, em um caminho com muitas subidas.
Serão horas pedalando em estradas de pouco movimento, cruzando pequenas propriedades rurais e áreas de mata nativa. No total, são 52 km de estradas de chão, com subida acumulada de 1.100 metros.

**** IMPORTANTE – LEIA ATÉ O FINAL ****

O que teremos:

Natureza
Muita subida
Ritmo de passeio
Camaradagem

O que não teremos:

Carro de apoio
Babás de apoio

ATENÇÃO:

– Passeio de nível médio, não recomendado para quem está começando a pedalar

– Levar lanche para cinco horas de pedal sem ponto de apoio

– Após o pedal iremos almoçar no Restaurante Saulo, em Águas Mornas https://www.google.com.br/maps/@-27.6893825,-48.8411074,515m/data=!3m1!1e3?hl=pt-BR

– Track de GPS http://www.gpsies.com/map.do?fileId=pzyrygkpjjeurlgk

SERVIÇO:

Pedal Nativo – Passeio por Águas Mornas
Domingo, 27 de setembro
Encontro às 7h e saída às 7:15h de carro, em caravana até Águas Mornas.
Trapiche da Beira-Mar

Trilhas do Berne e do Poção

Que tal um pouco mais de adrenalina neste sábado?

11100088_10153015047299230_6695984154976847506_n

Vamos descer uma trilha mais travada, com pedras e raízes em meio à mata, e terminar em uma cachoeira. Subiremos o morro da Antena pelo Pantanal. Lá de cima desceremos pela trilha do Berne, que está bem bacana de ser feita. Na sequência, uma nova trilha, mais curta, nos levará ao Poção, tradicional cachoeira no bairro do Córrego Grande.

Vamos?

Trilhas do Berne e do Poção
Sábado, dia 11
Concentração 14h para saída às 14:10h
Posto Sulcar, no Pantanal

ATENÇÃO: trata-se de um passeio diferente, com subida forte e longa, além de descida por trilha no meio da mata. Exige um pouco mais de condicionamento e domínio da bicicleta, que deve obrigatoriamente ser uma mountain bike.

Visitando o morro da antena

Salve, salve!

Antes de mais nada, gostaria de registrar que o post anterior, sobre o Vale Europeu, foi o de número 100 do blog. Não sou dos “blogueiros” mais ativos, mas todos estes 100 posts foram publicados por alguém que curte o que está fazendo. Obrigado aos parceiros e vamos em frente 🙂

SAM_0203

Neste domingo conseguimos reunir um bom grupo para subir o Morro da Antena. Localizado entre o Pantanal e a Costeira, o morro é praticamente o quintal de casa pra quem mora perto da UFSC. Subi a primeira vez em 2004, mas não foi muito bacana. Estava pouco condicionado e a bike estava longe de ser ideal para uma subida como esta. Dez anos depois, subi novamente. Acompanhado pelo pessoal do Trilhas do Mangue, consegui pedalar em praticamente todo o trajeto. E curti muito mais o passeio. Tanto que neste domingo, 22/02/2015, reuni amigos para subirmos o morro que “é mais alto que o da Cruz”. O chão estava escorregadio e o tempo, abafado. Mas isso não nos impediu de nos divertirmos bastante no quintal de casa.

Grande abraço e até a próxima!

 

Picnic de fim de ano

Picnic de fim de ano

Salve, salve!

picnic
2014 foi um ano especial para o Pedal Nativo, com passeios por novos e tradicionais roteiros, reunindo mais de uma centena de ciclistas. Para comemorar este ótimo ano, vamos fazer um evento especial no dia 13. Sairemos pedalando da UFSC no começo da tarde. Passaremos pela Lagoa e seguiremos até a praia de Moçambique, onde um picnic com frutas, frios, pães e sucos estará nos esperando.

Vamos?

Picnic de fim de ano do Pedal Nativo
Sábado, 13 de dezembro, a partir das 14h
Saída da Reitoria da UFSC
Custo de R$ 25 por pessoa, para cobrir o custo do lanche e do uso da estrutura do camping do Parque do Rio Vermelho.
Confirmar até a quinta-feira, dia 11

Convite para passeio por Águas Mornas

Convite para passeio por Águas Mornas

Salve, salve!

946330_619757421389989_978161132_n
Pedalando, pedalando o ano está passando correndo e ainda não fizemos o nosso tradicional passeio pela região de Águas Mornas. Então que tal aproveitarmos o nosso próximo domingo, dia 23, para uma bela volta por Águas Mornas, Santo Amaro da Imperatriz e São Pedro de Alcântara? Percorreremos um caminho com muitas subidas, mas também com ótimas paisagens rurais. No total, são 53 km de estradas de chão, com subida acumulada de 1.163 metros. É um pedal de nível médio, que quase não tem ponto de apoio. Por isso, é bom estar disposto e levar algum lanche. Por outro lado, vamos passar horas pedalando em estradas de pouco movimento, cruzando pequenas propriedades rurais e áreas de mata nativa.
E então, vamos lá?

998424_619759704723094_1032037865_n

Nos reuniremos às 7:45h de domingo no trapiche da Beira Mar, para saída às 8h, em comboio de carros.

Deixaremos os carros em frente à Igreja de Águas Mornas.
A previsão de duração do pedal é de 5:30 horas.
No final, almoçaremos em um no restaurante do Saulo, já proximo ao ponto de início

Algumas recomendações:
Leve água e pequenos lanches
Leve uma câmera de ar reserva e bomba de encher pneu
Tome café da manhã antes de chegar ao ponto de encontro
Não esqueça sua máquina fotográfica
Disposição e bom-humor são fundamentais

Pros de GPS, segue o link do trajeto.

Abraços!

Convite para passeio pelo Sul da Ilha

Convite para passeio pelo Sul da Ilha

Salve, salve!

10521912_724516924294682_6768303742575332472_n

No domingo passado a chuva nos atrapalhou, mas vamos tentar de novo neste próximo! A dica é votar cedo e partir para o pedal! Sairemos da UFSC, com destino ao Ribeirão da Ilha. De lá, subiremos rumo ao Sertão do Ribeirão, para descer do outro lado, na praia dos Açores.

O almoço será no tradicional restaurante do Vadinho, no Pântano do Sul, que é conhecido por servir apenas peixes frescos, pescados no dia. De lá, voltaremos até a UFSC, passando pelo Morro das Pedras e Rio Tavares.

Vamos?

SERVIÇO
Passeio pelo Sul da Ilha
Domingo, 26 de outubro de 2014
Encontro às 9:15h em frente a Reitoria da UFSC
Partida às 9h30h
Distância: cerca de 60 KM
Ritmo: médio de grupo, devido as subidas fortes, não é recomendado para quem está começando a pedalar há pouco tempo.

Track do percurso: http://www.gpsies.com/map.do?fileId=pgmostioejzzuzzo

ATENÇÃO: Em caso de chuva, o passeio pode ser cancelado. Fique atento ao evento no Facebook.

Convite para passeio pelo Norte da Ilha

Salve, salve!

Após umas semaninhas de folga,  o Pedal Nativo volta neste domingo, dia 28, com uma volta pelo Norte da Ilha. Com um clima mais quente, e ainda sem muitos turistas, vamos passar por diferentes cenários de Floripa. Da tranquila estradinha de terra ligando a Vargem Grande ao Rio Vermelho ao agito da Lagoa. Dos retões de Moçambique às curvas e cenários de Santo Antônio de Lisboa.

1947489_673085162754950_272347581_n

Nosso ponto de partida será em frente à Fiesc, no bairro Itacorubi. De lá, partiremos rumo à lagoa, como descrito neste mapa. O ritmo pelos quase 60 km será o de sempre, de passeio, com duas paradas programadas: na praia de Moçambique, para fotos e possível banho, e em Santo Antônio de Lisboa, para um lanche.

1013337_10201450628618923_1607291162_n

E então, vamos aproveitar o domingo para girar pela Ilha?

Serviço:
Pedal Nativo – Giro pelo Norte da Ilha
Domingo, 28 de setembro
Encontro às 9h e saída às 9:15h
FIESC, Rod. Admar Gonzaga, 2765