Bicicleta brasileira de cicloturismo

Bicicleta brasileira de cicloturismo

Salve, salve!

DSC_0091
Mountain bike adaptada: a solução mais comum no Brasil

A escolha da bicicleta ideal para cicloturismo não é uma decisão simples. É preciso considerar fatores como o terreno a ser percorrido, o tipo de assistência mecânica que estará disponível, a quantidade de bagagem que será carregada, entre outros fatores. Isso sem falar na experiência pessoal e nas preferências do ciclista. Há várias possibilidades de solução, e nenhuma delas pode ser apontada como a melhor para todos. Uma opção é adaptar a super comum mountain bike para receber bagagem e percorrer longas distâncias. Outra é montar uma bike econômica, peça a peça. Pode-se, também,comprar uma touring bike americana ou européia, com furação para bagageiros dianteiros e traseiros e dínamos embutidos nos cubos de roda, como a Specialized AWOL. Há ainda uma nova opção que está surgindo no Brasil.

Dois fabricantes locais desenvolveram e já comercializam bicicletas específicas para cicloturismo. Em comum, ambas têm rodas 26″ e freios v-brake, defendidos pelos fabricantes pela facilidade de manutenção e substituição de componentes. Não são modelos baratos, ambos custam cerca de R$ 5 mil, mas que se tornam interessantes pelas suas fichas técnicas e desenvolvimento específico.

mountain-touring-mundo-cicloturismo-
Mountain Touring, da Mundo Cicloturismo

O primeiro modelo apresentado foi a Mountain Touring, desenvolvida pela Mundo Cicloturismo. A princípio, trata-se de mais uma bike de alumínio, com suspensão dianteira, 27 marchas, rodas 26″ e freios v-brake. Mas o fabricante chama a atenção para as particularidades de sua configuração. “Desde as peças importantes como quadro e relação, passando pelas peças “invisíveis”, como caixa de direção e movimento central, até os detalhes como manoplas e bar-ends. Também incluímos no projeto todos os acessórios que consideramos essenciais para o cicloturista, como paralamas, bagageiro e retrovisor. Todas peças de qualidade, marcas boas e testadas por nós”, afirma na descrição do modelo.

56b918db06817e9a2bbc15c7__MG_5621
Robustus, da Braunii

Já a Robustus, da Braunii, aposta em um material relativamente raro no mercado brasileiro atual: o aço cromo-molibidenio (ou cromoly). Muito comum nas mountain bikes das décadas de 1990, este material praticamente desapareceu do Brasil após a introdução dos quadros de alumínio. Seus defensores, no entanto, ressaltam sua melhor absorção de vibrações e a maior facilidade de realizar soldas, em comparação ao alumínio. “Os tubos do triângulo principal e do garfo tem espessura variável para ser forte onde precisa e ao mesmo tempo leve”. O fabricante destaca ainda o recuo da roda traseira em relação ao movimento central. “O chain stay longo fornece conforto para o ciclista e espaço para bagagem sem interferir na pedalada”, afirma a Braunii.

 

O inventário da tralha

O inventário da tralha

Salve, salve!

DSC_0088

A minha viagem para o Circuito das Araucárias foi preparada com uma boa antecedência. Foram meses pensando em roteiro e procurando e atualizando os equipamentos. Como resultado, levei o que considero uma bagagem que me permitiria viajar por mais tempo e levando a menor quantidade possível de peso. Isso, claro, dentro de minhas limitações orçamentárias.

DSC_0091

De volta do circuito, resolvi fazer um inventário de tudo que foi levado. Para ter tudo anotado e facilitar a composição das bagagens para as próximas. E é esta lista que compartilho abaixo com os colegas. A título de informação, foi tudo acondicionado em um par de alforges com 20l cada, um saco estanque de 40l e uma bolsa de guidão de 7l.

E quando vc viaja, qual é o tamanho da lista?

Bermuda de pedal
Calça de pedal
Três meias
Duas cuecas
Segunda pele verão
Segunda pele inverno
Calça moletom
Fleece
Capa de chuva
Calça impermeável
Polaina impermeável
Sapatilha
Chinelo

 

Shampoo
Gel de barba
Barbeador
Desodorante
Lâmina de barba
Repelente de insetos
Sabonete
Protetor solar
Toalha

 

Frango pronto
Carne seca pronta
Feijão pronto
Arroz integral
Macarrão integral
Manteiga
Café

 

Fogareiro
Panela com tampa
Garfo
Colher
Marmita
Canivete
Cafeteira
Caneca do Pedal Nativo
Esponja
Duas caramanholas

 

Chave múltipla
Chave de boca ajustável
Óleo de corrente
Kit de remendo
Câmara reserva
Bomba
Corrente e cadeado

 

Barraca
Saco de dormir
Isolante térmico
Travesseiro inflável

 

Maquina fotográfica
Celular
GPS
Farol
Lanterna traseira
Carregador de celular
Carregador de pilha
Kindle
Tripé
Caixa de som
Fone de ouvido

 

Relaxante muscular
Analgésico
Gaze
Esparadrapo
Água oxigenada
Atadura
Pomada para assadura
Antiácido

Bicicleta confiável e econômica para cicloturismo

Bicicleta confiável e econômica para cicloturismo

Salve, salve!

8615445600_85ded87f8b_o

Post de utilidade pública! Você quer começar a viajar de bike e vai em uma bicicletaria conhecer os modelos disponíveis. Muito provavelmente vão te oferecer um modelo inadequado, seja pela falta de estrutura para fixar bagagem, seja pelo quadro com geometria excessivamente esportiva, seja pelo uso de componentes super avançados – e caros-, desnecessários para encarar muitos quilômetros carregando peso.

Outra opção é buscar modelos do exterior, onde a cultura ciclística é mais ampla, sem foco único no esporte. O problema aí é o preço com que estas bicicletas importadas chegam ao Brasil.

A solução, então, é buscar um terceiro caminho. Com a assessoria de um especialista, é possível ter uma bicicleta de qualidade, que cumpre todos os requisitos do cicloturismo,  por cerca de R$ 2 mil. Ok, ainda é um dinheiro considerável, mas uma pechincha perto do que se pede pelas  importadas e o resultado final é uma bicicleta que pode lhe acompanhar até em uma jornada de volta ao mundo.

Ubatuba_PauloPreto

Ficou interessado? Tem um conhecido buscando uma bike para viajar?  Confira o post “Montando uma bike de cicloturismo com pouco dinheiro“,  do Waldson “Antigão”. Ele lista toda a especificação de uma boa bicicleta de viagem, dando o preço de cada item em lojas virtuais. Depois é só levar em um mecânico de confiança para a montagem e regulagem.

Vai montar?  Sugeriu a um amigo? Se tiver alguma dúvida adicional é só falar!