Viagem pré-Natal

Foto: Denise de Porto Alegre (http://www.panoramio.com/photo/73926577)

Salve, salve!

Estou nos últimos preparativos para a minha pequena cicloviagem de fim de ano. Com uma grande necessidade de descansar a cabeça, resolvi partir para esta belezinha aí, a praia do Gravatá, em Laguna. Serão dois dias de pedal, com pouso em Garopaba. Depois, dois dias de praia. Parto dia 21 e volto no dia 24, de ônibus, a tempo de celebrar o Natal com amigos. Fotos e relato em breve!

Pedalando por Aparados da Serra

Pedalando por Aparados da Serra

P1080518-Edit

A Priscila jura que me alertou que era uma indiada, mas eu me lembro apenas do nome “Aparados da Serra”. Se ela falou que fariamos 100 km por dia por estradas capazes de desmontar carros, eu não me recordo. Mas lembro bem que ela falou que passaríamos por dentro do parque nacional, e que seria um belo passeio. Para o mal e para o bem, as duas coisas se confirmaram, e o passeio foi inesquecível.

O plano era o seguinte: sair de Tainhas, que faz parte de Cambará do Sul, cruzar o parque nacional de Aparados da Serra “de trás pra frente”, descer a serra do Faxinal e dormir em Torres, completando uns 100 km (veja no GPS). Pedalar mais uns 90 km pela planície litorânea no segundo dia, indo dormir em Timbé do Sul (veja no GPS). Fechar o passeio no terceiro dia, subindo os 1,250 metros da serra da Rocinha e voltando a Cambará do Sul, em “apenas” 65 km (veja no GPS). Só que a história começa a uns 400 quilômetros de distância, em Florianópolis.

Era véspera de feriado de 15 de novembro e, para evitar o trânsito maior, consegui sair do trabalho na hora do almoço. Já com a bicicleta no teto do carro, segui para Palhoça, onde encontraria meu parceiro de viagem, que ainda nem conhecia. O Wilson, gente boa das boas mesmo, é amigo do Giba, o organizador geral da bagaça. A viagem para o sul foi longa, com vários trechos em obras e com pista simples. Mas estávamos sem pressa, afinal nosso “compromisso” era apenas no dia seguinte. A tarde foi passando e pegamos o pôr do sol na subida da Serra do Pinto. Com o trânsito todo no sentido contrário, pudemos curtir o belíssimo visual da estrada, que têm vários túneis e sobe por enormes paredões.

IMG_1127

Chegando em Cambará, fomos direto para a Pousada Simone, uma dica que tirei do não tão bonito, mas excelente fórum Mochileiros.com. Fomos recebidos pelo Seu Alcides, que ignora os seus quase 80 anos e recebe os hóspedes com disposição e bom humor. A pousada é simples, mas bem conservada e com boas camas. O preço, de R$ 40 com café da manhã, foi um achado para uma cidade turística em pleno feriado.

Deixamos logo as mochilas e as bicicletas  no quarto e fomos atrás de algo para comer. A ideia inicial era buscar um sanduíche qualquer, mas acabamos encontrando um belo crepe de linguiça, queijo e geléia. Uma combinação aparentemente estranha, mas muito boa. Pra acompanhar, uma cervejinha pale ale. Tá bom pra dormir, né?

***

Acordamos cedo. Como o Seu Alcides dependia do pão de uma padaria para começar o café, e nós tínhamos pressa, ele sugeriu que fossemos tomar café na padaria mesmo. Que ficássemos a vontade  e que depois ele acertava lá. E foi o que fizemos, dado aquela caprichada, pois o dia seria de pedal longo.

Fomos ao ponto de encontro, o Café Tainhas, e não demorou muito para irem aparecendo os nossos colegas de pedalada. Neste primeiro dia em especial seriamos em 15, já que alguns fariam apenas a parte alta do passeio, retornando ao café após atravessar o parque de Aparados. Assim partimos.

P1080453

Após alguns quilômetros a mais pelo asfalto, achamos a saída certa e entramos na terra. Finalmente estava onde gostaria.

P1080466

P1080477

P1080481

P1080484

P1080486

P1080497

11212_588828224486510_443554236_n

P1080511

Quem entra no parque “por trás”, como entramos, corre o risco de nem ver os cânions. Sorte que tinha um pessoal alteando, que sou a hora de sair da estradinha

P1080522

P1080527

Após quase ser extinta, agora se encontra gralha azul com facilidade na região

1471901_588827411153258_1447910226_n

O primeiro dos sete apoios prestados ao carro de apoio

P1080534

Descendo a serra do Faxinal, com vista para o cânion Malacara

P1080542

Violeiros que encontramos no caminho

P1080555

Já nos arrozais da planície litorânea, onde o primeiro dia terminou.

P1080557

P1080563

Turistando em Torres, com a Priscila e o Wilson

P1080566

P1080575

O incansável Giba

P1080581

Esta estradinha, com este sol, não foi fácil

P1080585

Fim do segundo dia, com muitos arrozais nas cidades de Ermo, Turvo e Timbé do Sul

P1080587

P1080616

Primeira vista da serra da Rocinha. Último dia de pedal.

P1080621

P1080629

P1080637

P1080640

Ótima companhia, e com fôlego para contar histórias subindo 🙂

P1080645

P1080646

P1080663

Esta subida, não acaba não?

P1080669

P1080677

P1080684

Foram 1.150 metros de elevação em uma única subida. Show!

P1080695

P1080699

Já parado na descida. hehehe

P1080701

Lanchonete providencial. Foram nada menos que sete pastéis.

P1080713

Bela cachoeira, pena que meio fora de mão para um mergulho.

P1080720

P1080722

Não dá vontade de morar num lugar assim?  Como ainda não é possível, o negócio é arrumar um jeito de ir mais uma vez.

Sinto que devo agradecer à Priscila pelo convite e pela companhia tão especial durante todos os dias. Ao Giba pela organização e companheirismo. E ao Marcelo e demais colegas de viagem pela parceria! Valeu mesmo!

Convite: Passeio pelo Sertão do Ribeirão

Salve, salve!

Por duas vezes, a chuva estragou nossa programação para o Sertão do Ribeirão. Mas somos teimosos e cá estamos para relançar o convite para pedalar pelo sul da ilha.

4778184458_fa8d5de8b1_b

Faremos neste sábado, bem no meio do feriadão, um passeio que passa por dentro do Parque Municipal da Lagoa do Peri. Partiremos do canto da praia do Pântano do Sul em direção ao Morro das Pedras, contornando à esquerda e seguindo rumo à Freguesia do Ribeirão da Ilha. Até aí, tudo muito plano e pavimentado. Porém, logo encaramos uma forte subida, pavimentada até a metade e com muito cascalho na seqüência. E assim, entramos na área de preservação, passando por uma pequena comunidade. Em volta, morros de mata nativa. Mais uma subida forte e já avistaremos o Pântano do Sul. De lá é só descida até a praia, onde almoçaremos uma comida simples e saborosa, com peixes pescados no dia, no restaurante do Seu Vadinho.

dsc03251

Quem foi no passeio de 2009 lembra bem do prazer que é pedalar nesta região.

Como estarei em viagem, o pedal será puxado pelo caro Júlio Fernandes.

SERVIÇO
Passeio pelo Sertão do Ribeirão
Sábado, 16 de novembro de 2013
Encontro às 9:30h no canto esquerdo da praia do Pântano do Sul
Partida às 10h
Previsão de duração de 2:30h
No final, almoço no restaurante do Seu Vadinho

ATENÇÃO: EM CASO DE CHUVA, O PASSEIO ESTÁ CANCELADO!

Qualquer dúvida, a dica é se manter atualizado pela página do evento no Facebook.

Veja abaixo o local de encontro, na praia do Pântano do Sul:

Vadinho

Convite: Passeio por São Pedro de Alcântara

Salve, salve!

4679388828_38f723fb65_b

O tempo ruim não permitiu o nosso passeio no último sábado, mas tudo indica que teremos sol no dia 2. Assim, refaço o convite para pedalarmos por São Pedro de Alcântara no próximo sábado, feriado de Finados.

No caminho, que é todo por estrada de terra, teremos grandes descidas, com bela vista das montanhas da região. Na sequência, subiremos por uma estradinha bem estreita, quase sem movimento. Subida forte e técnica, que será feita sem pressa, respeitando o ritmo de cada um.
Após o retorno a São Pedro, faremos a tradicional confraternização no Café Colonial Girassol, que fica na estrada entre São Pedro de Alcântara e Florianópolis.

spa

Então, vamos aos dados:
Pedal Nativo – Giro por São Pedro de Alcântara
Sábado, 02 de novembro
Ponto de encontro: Praça João Adalgisio Philippi (praça com monumento à imigração), centro de São Pedro de Alcântara
Horário de encontro 14h
Previsão de retorno 18h

Passeio feito em ritmo tranquilo, mas com uma subida forte e técnica. Indicado para quem costuma pedalar com frequência.

Para mais informações, consulte a página do evento no Facebook.

Pedal pela Serra da Garganta

Pedal pela Serra da Garganta

Salve, salve!

1240597_4769810663132_2056309657_n

Neste próximo domingo, dia 6, haverá um pedal dos mais “famosos” entre os ciclistas de Floripa. Comandado pelo Jailson Colombi, com auxilio do Felipe Munhoz, o grupo vai percorrer cerca de 70 km por estradas de terra da região serrana da Grande Florianópolis. Destaque para os 2.000 metros de subida acumulada, o que faz deste um pedal para ciclistas experientes e bem condicionados. Será um dia todo de pedal, sem postos de abastecimento no caminho. Quem quiser mais informações pode acessar a página do evento no Facebook.

E nos próximo dia 19 o pedal Nativo volta a rolar. E com percurso inédito, entre São Pedro de Alcântara e Antônio Carlos. No final, ainda teremos a tradicional confraternização em um café colonial. Imperdível!

Pedal Nativo: fotos da Vargem do Braço

1239522_10151821421140700_211961688_n

Deu certo! Após muitas chuvas e  um mês de passeios cancelados, foi só mudar o roteiro que tivemos uma bela tarde de sol para pedalar. Até um veranico deu as caras, matando a saudade de quem cansou do inverno rigoroso deste ano. Fomos em 10 pedalantes, com perfis bem diferentes e desconhecidos entre si. Mas, com o esforço e as paisagens, as conversas foram aparecendo e todos se entenderam muito bem. No final, a tradicional paradinha para uma comidinha (filé de tilápia) e papo animado. Valeu, pessoal! Em 15 dias tem mais!

 

Pedal Nativo: Vargem do Braço

Salve, salve!

Aproveitando a volta do sol, iremos fazer na tarde deste sábado uma edição extraordinária do Pedal Nativo. O destino será a Vargem do Braço, um simpático vale localizado em Águas Mornas, na Grande Florianópolis. Com pequenas propriedades ao longo da estrada de terra, as laterais do vale são de mata atlântica, protegida por integrar a área do parque da Serra do Tabuleiro. Será um pedal relativamente curto, mas com uma desafiante subida inicial, com quase 400 metros de ascensão acumulada. Vencida desta parte, estaremos dentro do vale, subindo de forma bem suave enquanto passamos por belas paisagens. Vamos explorar a estrada até quase o seu final, virando a bike e nos preparando para descermos toda aquele desnível inicial.

Da última vez que fizermos este roteiro, em 2010, teve até filmagem da descida!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cg_-WTGpc6Q&w=560&h=315]

Vamos ao detalhes, então:

Pedal Nativo: Vargem do Braço – Distância de até 40 km, dependendo do ritmo do pessoal
Quando: sábado, 31 de agosto
Ponto de encontro: Trapiche da Beira Mar, de onde partiremos de carro para o Pesqueiro do Alceu, em Santo Amaro da Imperatriz
Horário de encontro: 13h
Horário de saída da Beira Mar: 13:30h, impreterivelmente
O que levar: lanche, água, lanterna com pilhas carregadas e algum dinheiro

Em caso de chuva, o passeio será cancelado.

Dúvidas? Meu telefone é 9155-4904

Abraços,

Fábio Almeida

Pedal Nativo: Sertão do Ribeirão

Salve, salve!

A chuva estragou nossa programação no dia 10, mas somos teimosos e cá estamos para relançar o convite para pedalar pelo Sertão do Ribeirão.

dsc03261

Faremos neste sábado, dia 24, um passeio pelo Sul da Ilha, passando por dentro do Parque Municipal da Lagoa do Peri. Partiremos do canto da praia do Pântano do Sul em direção ao Morro das Pedras, contornando à esquerda e seguindo rumo à Freguesia do Ribeirão da Ilha. Até aí, tudo muito plano e pavimentado. Porém, logo encaramos uma forte subida, pavimentada até a metade e com muito cascalho na sequencia. E assim, entramos na área de preservação, passando por uma pequena comunidade. Em volta, morros de mata nativa. Mais uma subida forte e já avistaremos o Pântano do Sul. De lá é só descida até a praia, onde almoçaremos uma comida simples e saborosa, com peixes pescados no dia, no restaurante do Seu Vadinho.

4778184458_fa8d5de8b1_b

Quem foi no passeio de 2009 lembra bem do prazer que é pedalar nesta região. Quem esteve no pedal do fim de julho está mais uma vez convidado a pedalar em um local de muita natureza. E para os que reclamaram da distância do passeio pela serra, serão apenas 32 km neste. Para os que reclamaram que saímos muito cedo, começaremos a pedalar às 9h. E para os que, mesmo assim, continuam reclamando, um passeio assim pode ser recomendado.

dsc03251

Assim, aguardo a todos por lá!

SERVIÇO
Passeio pelo Sertão do Ribeirão
Sábado, 24 de agosto de 2013
Encontro às 8:30h no canto esquerdo da praia do Pântano do Sul
Partida às 9h
Previsão de duração de 2:30h
No final, almoço no restaurante do Seu Vadinho

ATENÇÃO: EM CASO DE CHUVA, O PASSEIO ESTÁ CANCELADO!

Qualquer coisa, meu telefone é 9155-4904.

Veja abaixo o local de encontro, na praia do Pântano do Sul:

Vadinho

Convite para passeio: Sertão do Ribeirão

Devido à chuva o passeio está cancelado. Bom fim de semana a todos!

Salve, salve!

dsc03261

Está lançado o convite para o segundo pedal de sábado deste meu retorno a Florianópolis. Desta vez faremos um passeio pelo Sul da Ilha, passando por dentro do Parque Municipal da Lagoa do Peri. Partiremos do canto da praia do Pântano do Sul em direção ao Morro das Pedras, contornando à esquerda e seguindo rumo à Freguesia do Ribeirão da Ilha. Até aí, tudo muito plano e pavimentado. Porém, logo encaramos uma forte subida, pavimentada até a metade e com muito cascalho na sequencia. E assim, entramos na área de preservação, passando por uma pequena comunidade. Em volta, morros de mata nativa. Mais uma subida forte e já avistaremos o Pântano do Sul. De lá é só descida até a praia, onde almoçaremos uma comida simples e saborosa, com peixes pescados no dia, no restaurante do Seu Vadinho.

4778184458_fa8d5de8b1_b

Quem foi no passeio de 2009 lembra bem do prazer que é pedalar nesta região. Quem esteve no pedal da semana passada está mais uma vez convidado a pedalar em um local de muita natureza. E para os que reclamaram da distância do passeio pela serra, serão apenas 32 km neste. Para os que reclamaram que saímos muito cedo, começaremos a pedalar às 9h. E para os que, mesmo assim, continuam reclamando, um passeio assim pode ser recomendado. Pra ficar melhor, a previsão é de tempo bom para o dia 10.

dsc03251

Assim, aguardo a todos por lá!

SERVIÇO
Passeio pelo Sertão do Ribeirão
Sábado, 10 de agosto de 2013
Encontro às 8:30h no canto esquerdo da praia do Pântano do Sul
Partida às 9h
Previsão de duração de 2:30h
No final, almoço no restaurante do Seu Vadinho

ATENÇÃO: EM CASO DE CHUVA, O PASSEIO ESTÁ CANCELADO!

Qualquer coisa, meu telefone é 9155-4904.

Veja abaixo o local de encontro

Vadinho

Abraços!