Bem-vinda, branquinha

Após muitas contas e projeções financeiras, vi que não daria para encarar a tão desejada Cannondale 29er 4. Simplesmente não deu pra comprar a negona. Buscando opções viáveis, entre Caloi e Sundown, me apareceu esta Merida. Simples, bem simples, mas do meu tamanho (22″), deliciosa de andar e, porque não, bonita! Uma pilha de cheques pro Della e está em casa. De cara, precisei gastar um pouco mais, com coisas como pedal de clipe, bolsa de selim, câmara de ar e bomba de ar etc. E deu.

Agora é parar de chover e curtir a branquinha, que a Michelle insiste em tirar sarro pelo Merida sem o “i”. É ciumes, deixa.

Eis a branquinha