Javali Bikepacking

Salve, salve!

A nossa viagem para a Serra da Garganta rendeu um papo sobre bikepacking há duas semanas. Reunimos umas 15 pessoas na bicicletaria Garupa, aqui em Floripa, para contar como foi a viagem e trocar ideias sobre este tipo de cicloturismo. Papo vai, papo vem, resolvemos “oficializar” a criação de um grupo de pessoas a fim de pegar a bike e buscar contato mais intenso com a natureza. Na sessão de filosofia propiciada pela noite na Serra da Garganta discutimos bastante sobre os perigo de se meter na mata da serra catarinense. “Prefiro encontrar uma onça do que um javali”, afirmou, cauteloso, Luciano Trevisol, se referindo ao agressivo animal. E por que não enfrentar o medo?

Com vários malucos curtindo a ideia, criamos no Garupa um grupo no WhatsApp para conversarmos sobre bikepacking e, principalmente, combinarmos saídas. Tudo no esquema horizontal, sem hierarquia entre os participantes. Também não importa se vamos com as melhores bikes ou com aquela com 20 anos de uso, se com alforges ou com as bolsas de bikepacking: o importante é se jogar.

E já saiu também a primeira viagem pós papo. Fomos neste último fim de semana para uma bela montanha na região de Águas Mornas. Mais dois dias de bicicleta, acampamento selvagem e camaradagem.

 

8 comentários em “Javali Bikepacking

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *