O lugar mais bonito que já conheci

Reschenpass, o lugar mais bonito que conheci. Saindo de Nauders (Austria), após uns dois quilômetros de subida por ciclovias rodeadas de campos, se chega ao lago Resia, que divide a Austria da Itália. Com a neve dos picos ao redor e o sol forte no céu, esta foi mais uma pedalada de sonho. Na continuação, meio sem esperar, começamos a descer muito rápido. Ainda pela ciclovias, chegamos a atingir 70 km/h.

Mas, e ainda bem que tem o mas, entramos em Burgusio (Itália), onde uma banda animava a praça com músicas típicas. Do outro lado, os cidadãos vendiam comidas típicas, cerveja e vinho. Foi hora de um pão com linguiça a uma cerveja Weiss. Agradabilíssimo, mas ficamos pouco, pois ainda faltavam 35 quilômetros. Mas…. era tudo em descida. Bastava manter o pedal girando e a velocidade se mantinha perto dos 25 km/h. E assim se passaram estes mais de 30 quilômetros, entre macieiras e ao som de boa música no iPod.

Em Silandro, banho rápido e varal para estender a roupa. Depois, um pequeno giro pela cidade, já ouvindo aqui e alí um pouco do idioma italiano. Que coisa boa, parece que estamos mais em casa.

Amanhã serão mais 72 km, mas sempre morro abaixo. O iPod já está no ponto, mas, antes, mais uma taça de vinho, que é para embalar o sono.

Como sempre, tem mais, muito mais, fotos no Flickr.

Um comentário em “O lugar mais bonito que já conheci

  • novembro 27, 2012 em 5:16 pm
    Permalink

    Caramba, Fábio, esse é um pedal de gente grande! Cada paisagem mais bonita que a outra. Parabéns!

    Resposta
    • novembro 28, 2012 em 8:20 am
      Permalink

      Valeu, Waldson!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *